top of page

Se tornando uma pessoa de uma coisa só

Para começar uma vida prática de oração precisamos compreender com quem estamos falando. E na seguinte passagem Jesus nos ensina: — E, quando orarem, não sejam como os hipócritas, que gostam de orar em pé nas sinagogas e nos cantos das praças, para serem vistos pelos outros. Em verdade lhes digo que eles já receberam a sua recompensa. Mas, ao orar, entre no seu quarto e, fechada a porta, ore ao seu Pai, que está em secreto. E o seu Pai, que vê em secreto, lhe dará a recompensa. E, orando, não usem vãs repetições, como os gentios; porque eles pensam que por muito falar serão ouvidos. Não sejam, portanto, como eles; porque o Pai de vocês sabe o que vocês precisam, antes mesmo de lhe pedirem. Mateus 6:5-8


Podemos ver Jesus posicionando o coração daqueles homens, revelando a eles o real propósito do lugar de oração: comunhão. Além do mais, ele ainda revela aquilo que os homens ainda não conseguiam compreender; a comunhão era com Alguém e não apenas com algo ou qualquer ser divino. Jesus deixa claro que a comunhão do lugar de oração era com o Abba, o que se pode traduzir como Paizinho. Isto evidencia uma intimidade única e muito próxima. Um pai é alguém que dá a vida, destino, protege, provê, cuida, aconselha, corrige, ama. Algo muito novo para tais homens que até então apenas cumpriam ritos religiosos e cronogramas vazios.


Mais à frente, Jesus ainda vai mais fundo, e diz “que está em secreto “, ele estava se referindo a este Pai, e dizendo que ele será encontrado em um lugar secreto. Na verdade, é como se ele estivesse neste lugar aguardando ser achado. Como uma criança que se esconde atrás das cortinas brincando de pique. Deus Pai está nos esperando neste lugar de encontro. Se você é um aprendiz na jornada da oração ou se você se perdeu no caminho, ao pensar neste convite, certamente virá a sua mente a agitação da sua alma. E este lugar pode parecer muito distante de alcançar. Mas a fé é a ponte que te levará ao encontro deste lugar. Você não precisará de muito, apenas dizer sim para este convite. Este é o seu papel. E Deus se encarregará em fazer todo o resto. Depois de concordar com o convite para entrar nesta jornada, você descobrirá o que Jesus diz nos próximos versículos: “porque eles pensam que por muito falar serão ouvidos." Não é pelas repetições e nem por muitas palavras. Você é ouvido porque é desejado. Você é ouvido porque os ouvidos de Deus estão inclinados para te escutar. Deus não precisa que você o convença de absolutamente nada. No último verso, Jesus termina nos ensinando que “...porque o Pai de vocês sabe o que vocês precisam, antes mesmo de lhe pedirem. ” Como poderia alguém me convidar para um lugar para ter comunhão, onde a principal expressão desta intimidade é por meio de palavras, mas a pessoa com quem dialogo já sabe o que preciso antes de comunica-lo? Jesus nos revela uma perola preciosa sobre o coração do Pai. Ele deseja passar tempo conosco. O Pai deseja estar na presença de Seus filhos. E o desejo dos filhos que olham para Seu Pai é desejar estar de voltar onde Ele estiver. A oração, o lugar secreto, o lugar de oração ou o que você chame é apenas o elo para você retornar de volta aos braços do Aba Pai. A intenção principal não é a oração. É o encontro com Deus. É para isto que estamos sendo convidados. Esta é a única coisa necessária: encontrar a Deus.


“A oração é senão o trono da graça revelado a nós. A oração é o convite para que o homem caído entre nas profundezas da misericórdia do Seu Criador. A oração é paz para o cansado e consolo ao desesperado. A oração é a chave de intimidade que nos leva até os Seus aposentos. É o caminho que está acessível. E a porta aberta. Convidando a todos que tenham fome e sede para desfrutarem do banquete do Pai. ”


Agora nós vamos seguir aos passos práticos para sua vida devocional. Neste tempo apesar de simples, se for preparado com antecedência, haverá melhor proveito, isto significa que, as distrações serão minimizadas. E por isso separamos algumas dicas:


1. Separe um horário


Seja realista e decida por quanto tempo começará a orar. Comece com pouco. E seja fiel a este horário. Marque em sua agenda e coloque um despertador. Programe-se.


2. Escolha um lugar


Escolha em qual local você gastará estes minutos. Seja específico. Se for na sua casa, qual cômodo, e se for no seu trabalho, qual cômodo escolherá para fazer. Tenha em mente que precisa ter menos distrações ou barulhos possíveis.


3. Prepare o ambiente


Para evitar qualquer dificuldade, já separe sua bíblica e todo o material que usará, deixe próximo ao ambiente que escolheu para orar.


4. Seja diligente


A diligencia é o ingrediente chave que te levará a construir uma vida de oração constante. Escolha ser fiel aos seus poucos minutos e ao longo do tempo desfrutará da benção da oração. Não se permita ser vencido pela preguiça, cansaço, apatia ou preocupações, este serão seus maiores inimigos. Para auxiliar em como gastar este tempo, iremos sugerir uma lista de oração baseado no acróstico TRUST, escrito por Mike Bickle, e tem como ênfase o relacionamento com o Espírito Santo. Você poderá diariamente orar e meditar em cada tópico durante seu momento do devocional. Peça ajuda ao Espírito Santo para entender como Deus deseja que você gaste este tempo no devocional e siga-o. Você irá ver como cresceu em intimidade com Deus quando olhar para trás.


T.R.U.S.T
.docx
Fazer download de DOCX • 17KB



383 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page